Projecto de sistemas de tratamento de efluentes no sector vitivinícola

O software WETWINE

Simples e rápido no momento de avaliar o impacto tecnológico, económico e ambiental do sistema WETWINE

Esta ferramenta, com base nas características específicas de cada adega simula, uma aproximação à projecção óptima do sistema WETWINE, particularizando o seu desenho e características com base em parâmetros operacionais específicos de cada utilizador.

Sistema WETWINE

Vantagens do sistema WETWINE comparativamente às tecnologias convencionais

Tecnologias WETWINE

(sistemas naturais)

Tecnologias convencionais

Consumo Energético

Baixo ou quase nulo

Elevado

Consumo de químicos

Não necessita

Elevado

Custos de implementação e operação

Baixos

Altos

Operação e manutenção

Simples

Complexa

Gestão de lamas

Lamas como fertilizante no próprio sistema

Por empresas autorizadas

Destino dos efluentes tratados

Irrigação

Descarga

Impacto no ambiente

Reduzido, favorecendo a economia circular

Maior

Tempos de tratamento

Mais elevados

Baixos

Superfície necessária

Muita

Pouca

Aptas para volumes de descarga

Baixos ou médios

Grandes ou muito grandes

O Projecto WETWINE

WETWINE, aposta num sistema de valorização de resíduos baseado em tecnologias naturais

O WETWINE é um projecto do Programa Interreg Sudoe co-financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, desenvolvido em 12 regiões vitícolas do Sudoeste Europeu, e no qual participam 8 parceiros de Espanha, Portugal e França.

O projecto WETWINE promove um sistema de tratamento e valorização dos resíduos vitivinícolas baseado em tecnologias naturais de baixo custo. O WETWINE validou um modelo de gestão de efluentes vitivinícolas através de FITO-ETAR artificiais, que permitem tanto o tratamento das águas residuais para reutilização na rega, como a valorização das lamas resultantes através da obtenção de um fertilizante.

Hojas en otoño

O Projecto WETWINE é formado por entidades representantes de 3 países do Sudoeste Europeu: França, Portugal e Espanha